IstoÉ Dinheiro

Sem divisão de PCs, Sony foca em TVs, smartphones e tablets
IstoÉ Dinheiro
Cinco anos de crescimento baixo fez com que, em 2010, a Sony conquistasse 2,5% do mercado de computadores. Foi o auge da empresa no segmento. De lá pra cá, quedas e prejuízos anuais seguidos. Para piorar, o mercado de computadores não dá 

e mais »